quinta-feira, 23 de julho de 2015

Melhorando seu Inglês de Graça


Para se tornar competente em qualquer idioma √© necess√°rio compreender sua forma oral e escrita. Esse post fala de alguns servi√ßos que podem ser √ļteis para alcan√ßar esse objetivo.

Nada substitui o contato com falantes do idioma, principalmente os preparados para te ajudar a aprender o idioma que você quer falar, ou seja, um bom professor pode te ajudar a poupar muito tempo. Mas dito isso, existem formas de melhorar seu domínio da língua inglesa sem gastar nada. (além do necessário para ter um aparelho conectado à internet, claro)


O Duolingo funciona mais ou menos como um jogo e explora o idioma o suficiente para criar uma base extensa de palavras e constru√ß√Ķes gramaticais. Se usado frequentemente pode servir como uma √≥tima revis√£o para quem j√° estudou ingl√™s e n√£o est√° satisfeito com o pr√≥prio dom√≠nio do idioma, e tamb√©m serve com uma introdu√ß√£o para quem nunca o estudou. As li√ß√Ķes exploram desde os temas mais introdut√≥rios at√© assuntos avan√ßados, por isso o servi√ßo serve para todos os n√≠veis — exceto talvez falantes que j√° dominem o ingl√™s escrito e s√≥ tenham interesse em melhorar suas habilidades de audi√ß√£o (listening) e comunica√ß√£o. 

O serviço é gratuito e funciona direto do navegador, além de possuir aplicativos para Android, iOS e Windows Phone.

Al√©m de construir uma base de palavras conhecidas, √© necess√°rio reconhecer essas palavras quando elas saem do papel, e dada a variedade de sotaques existentes essa tarefa traz dificuldades pr√≥prias. A melhor forma de se aprender a ouvir um idioma, √© ouvindo. √ďbvio, mas quanto maior for sua familiaridade com os sons do idioma, mais f√°cil vai se tornar compreend√™-lo quando ouvi-lo vindo de outras pessoas.

Para nossa sorte existem os podcasts. E existem para todos os gostos, temas e n√≠veis. Para iniciantes programas como Aprenda Ingl√™s da BBC, Ingl√™s na Ponta da L√≠ngua e English Experts, que s√£o podcasts apresentados parte em portugu√™s ou com transcri√ß√£o e gloss√°rio para express√Ķes mais complicadas. N√≠veis mais altos tem mais op√ß√Ķes, desde programas como o 6 Minute English onde os apresentadores falam mais devagar e explicam as express√Ķes sem usar portugu√™s, at√© programas onde falam normalmente, voltados para falantes fluentes do idioma; e nessa categoria existem tantos que n√£o caberia aqui.

Al√©m de saber escrever, ler, interpretar, entender o idioma falado √© importante conseguir se comunicar bem. E essa barreira √© onde a maioria das pessoas trava. √Č poss√≠vel desenvolver sua habilidade nas √°reas anteriores com pouco contato direto com outros falantes, mas por defini√ß√£o, comunica√ß√£o exige contato com outras pessoas.


Serviços como o MeetUp e os Eventos do Facebook permitem que pessoas com interesses em comum organizem encontros. Mas se por alguma razão você mora longe ou por qualquer outra razão não pode ir a esse tipo de evento o Verbling é uma ótima alternativa.

O site tamb√©m oferece li√ß√Ķes pagas, mas o servi√ßo mais interessante que oferecem √© gratuito: salas de bate-pato com outros estudantes do idioma que voc√™ quer praticar. Tudo que voc√™ precisa √© fazer uma conta no site, entrar na sala de comunidades e escolher em qual sala deseja entrar.


Como o bate-papo do Verbling usa o Google Hangouts √© poss√≠vel praticar direto do navegador, se voc√™ estiver num computador, ou em qualquer outro dispositivo que tenha o app do Hangouts instalado.

E para terminando com mais um conselho clichê, essas ferramentas podem te ajudar a melhorar seu domínio da língua inglesa. Mas isso só acontece se você criar o hábito de se dedicar com frequência. Mesmo por meia hora, ou até quinze minutos, o importante é ter o hábito de estudar com frequência, de preferência todo dia.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Peter Sunde: Compartilhamento de Arquivos é Política, Propaganda e Controle.

No come√ßo da hist√≥ria do  The Pirate Bay o site era em sueco. Tinha sido feito por suecos para sua comunidade. Outros pa√≠ses tinham seus pr√≥prios sites de compartilhamento de arquivos, mas eles eram tirados do ar.

Me lembro quando um dos maiores sites espanh√≥is de compartilhamento de arquivo foi fechado. Os usu√°rios n√£o tinham para onde ir al√©m do The Pirate Bay. Do nada a lista de arquivos mais compartilhados foi tomada por conte√ļdo em espanhol, exceto por um certo audiolivro. Era um curso de sueco.

Decidimos traduzir o site. N√£o s√≥ para o ingl√™s, mas para o maior n√ļmero de l√≠nguas poss√≠vel. Encontramos pessoas de v√°rios pa√≠ses dispostas a ajudar. Lembro que a tradu√ß√£o para o portugu√™s foi especialmente interessante, porque foi feita por brasileiro. Decidimos que ir√≠amos fazer dois bot√Ķes para a tradu√ß√£o — um para o portugu√™s e outro para o portugu√™s do Brasil. Como os dois idiomas diferem um pouco. Mas o arquivo gettext da tradu√ß√£o foi o mesmo.

s√°bado, 4 de abril de 2015

Documentários do Projeto Vênus



O Projeto Vênus é uma organização que se dedicar a criar tecnologias e estudar ideias que possam modificar a forma como a sociedade atual funciona. Muitos consideram descreditam as ideias de Jaques Fresco (fundado do projeto) como pura utopia. Mas mesmo aos noventa anos de idade há uma lucidez nas palavras e ideias dele que, pessoalmente, gostaria de ver no comportamento de nossos líderes. Mas não há surpresa que tentem descreditar as tais ideias quando todo sistema dominante tem como uma das prioridades máximas a perpetuação de si mesmo.
Grande parte das ideias dos documentários Zeitgeist e Culture in Decline vêm do Projeto Vênus.

sábado, 21 de março de 2015

6 Document√°rios Sobre Democracia, Linguagem e Cultura.



Cultura em Decl√≠nio √© uma s√©ria em seis epis√≥dios que discute o mundo atual e como nossas pr√°ticas econ√īmicas e costumes como esp√©cie s√£o insustent√°veis. Com trinta minutos cada, os epis√≥dios exploram incoer√™ncias cotidianas do mundo contempor√Ęneo; como o consumismo, nosso sistema ineficiente de governo, a manipula√ß√£o da m√≠dia e como estamos destruindo uns aos outros e levando o planeta conosco.

sexta-feira, 13 de março de 2015

Sobre o Kraken

Der Kraken é o lugar que resolvi eleger para postar todas as coisas que não fazem sentido postar em uma rede social. Para não ficar incomodando nenhum dos meus contatos nessas redes com posts onde acabo discorrendo e me deixando levar pela curiosidade, resolvi criar esse lugar. Os assuntos aqui podem ser:
  • tradu√ß√Ķes de artigos que achei interessantes e quero poder compartilhar em portugu√™s;
  • pesquisas sobre origem de algumas palavras e express√Ķes;
  • curiosidade se bizarrices lingu√≠sticas;
  • tutoriais de aplicativos e ferramentas (tipo o Anki);
  • dicas de cursos e plataformas de aprendizado online;
  • coment√°rios de filmes, document√°rios, livros, bandas;
  • um ocasional post sobre alguma coisa que n√£o se encaixe a√≠.
A intenção é praticar a escrita e explorar esses assuntos aí.
Mas n√£o se iluda, n√£o h√° garantias nem promessas.